Portal Fronteira Livre

Terça, 25 de janeiro de 2022
MENU

Política

Militares traficaram drogas em aviões da FAB 30 vezes, diz informante à PF

Um depoente informou que militares usaram aviões e a estrutura da Força Aérea Brasileiro para enviar entorpecentes à Europa

208
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um depoente anônimo informou a Polícia Federal que militares usaram aviões e a estrutura da Força Aérea Brasileiro para enviar entorpecentes à Europa em pelo menos 30 oportunidades.

A informação é do portal UOL.

O colaborador também informou que após a prisão do sargento Manoela da Silva Rodrigues flagrado com cocaína na Espanha, a rota do tráfico sofreu alterações.

A partir de junho de 2019 a cocaína começou a ser exportada em navios que partiam de portos da região Sul do País.

No entanto, mesmo com a prisão do sargento, o esquema continuou a crescer. Segundo ele, a cocaína enviada à Europa vinha do Peru ou da Colômbia.

Conforme depoimento, a cada viagem eram transportados no mínimo 10 kg de cocaína e que o militar recrutado pelo esquema recebia mil euros por quilo transportado.

A partir do depoimento anônimo, a polícia conseguiu identificar e localizar as pessoas apontadas como agentes de tráfico internacional. Duas delas já foram indiciadas em Inquérito Policial Militar conduzido pelo Comando da Aeronáutica.

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!