Portal Fronteira Livre

Terça, 25 de janeiro de 2022
MENU

Variedades

Mapa mostra 3 Estados dos EUA onde português é língua mais falada após inglês e espanhol

Destino de imigrantes de todo o mundo, os Estados Unidos são uma caldeirão de línguas, com mais de 300 sendo faladas no país.

124
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O inglês é o idioma preponderante, com o espanhol em segundo lugar.

Segundo um levantamento do Instituto de Políticas Migratórias com base em dados do censo americano, em 2019, quase 70 milhões de pessoas (22% da população) disseram falar uma língua diferente do inglês em casa.

Nesse grupo, seis em cada dez falavam espanhol. As outras línguas principais eram o chinês (5%, incluindo mandarim e cantonês); Tagalog (quase 3%); e vietnamita, árabe, francês (incluindo Cajun) e coreano (cerca de 2%).

O português, embora não esteja no topo do ranking, é falado por 846 mil pessoas ou 1,2% da população.

E em três Estados americanos, ele é o idioma mais falado depois do inglês e do espanhol: Massachusets, Connecticut e Rhode Island, todos no nordeste dos Estados Unidos.

Essa região é conhecida não só por abrigar um grande número de brasileiros, mas também de portugueses e angolanos.

Curiosamente, o espanhol é a língua mais comum depois do inglês em todos os Estados, exceto quatro: Alasca (onde as línguas esquimó-aleútes dominam), Havaí (ilocano, samoano, havaiano, marshallês ou outras línguas austronésias) e Maine e Vermont (francês).

Em 2019, aproximadamente 46% (20,7 milhões) dos 44,6 milhões de imigrantes com 5 anos ou mais tinham Proficiência Limitada em Inglês (LEP, na sigla em inglês), pessoas que disseram falar inglês "nem um pouco", "nada bem" ou "bem" ao responder ao questionário de pesquisa.

Diferentemente do que muitos imaginam, o inglês não é a língua oficial dos Estados Unidos, apesar de o mais dominante.

Isso porque o país não tem língua oficial. Os Estados Unidos sempre foram uma nação multilíngue.

Em 1780, a proposta do congressista John Adam de tornar o inglês a língua oficial dos Estados Unidos foi considerada "antidemocrática e uma ameaça à liberdade individual"

Muitos Estados americanos, por outro lado, decretaram o inglês como língua oficial.

 

 

Créditos (Imagem de capa): Em 2019, quase 70 milhões de pessoas nos EUA disseram falar uma língua diferente do inglês em casa

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!