Terça, 23 de Julho de 2024
(45) 99849-1698
Sociedade REFÚGIO BIOLÓGICO

Refúgio Bela Vista da Itaipu Protege 15 Espécies Ameaçadas de Extinção no Paraná

Um Santuário Ambiental de Biodiversidade na Tríplice Fronteira

26/06/2024 17h17
Por: Redação
Onças-pintadas melânicas. Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional
Onças-pintadas melânicas. Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional

O Refúgio Biológico Bela Vista (RBV), administrado pela Itaipu Binacional em Foz do Iguaçu (PR), é um importante santuário para diversas espécies da fauna silvestre brasileira. Dentre as 50 espécies que habitam o local, 15 estão listadas como criticamente em perigo, em perigo ou vulneráveis à extinção, conforme a Lista de Espécies da Fauna Ameaçada no Paraná, atualizada em junho de 2024 pelo Governo do Estado.

Entre as espécies criticamente ameaçadas presentes no Refúgio estão a harpia (Harpia harpyja), o mutum-de-penacho (Crax fasciolata), a anta (Tapirus terrestris), o bugio-ruivo (Alouatta guariba), o cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus) e a onça-pintada (Panthera onca). Essas espécies enfrentam riscos graves na natureza, necessitando de ações imediatas de conservação. O RBV atua como um espaço essencial para a reprodução e proteção desses animais, contribuindo para evitar sua extinção.

O trabalho dedicado da equipe do Refúgio Biológico Bela Vista tem produzido resultados positivos. O RBV possui o maior grupo de harpias do mundo, com 31 exemplares, e já enviou algumas para projetos de reintrodução na natureza. O mutum-de-penacho, extinto na região há 50 anos, também se beneficia dos esforços do Refúgio. Através de uma parceria com a Argentina, 29 mutuns foram reintroduzidos no Gran Parque Iberá, onde já estão se reproduzindo.

Leia mais: Suéter artesanal em algodão o conforto e o estilo para qualquer ocasião

As onças-pintadas do RBV participam do Programa Nacional de Manejo Ex Situ da Onça-Pintada, voltado para a preservação da espécie. Em 2023, a onça Cacau, nascida no Refúgio, foi transferida para Corumbá de Goiás para fins de reprodução.

A ciência é crucial para a proteção das espécies ameaçadas. O RBV contribui para pesquisas e estudos, como os apresentados no 47º Congresso da Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil, realizado em Curitiba em junho de 2024. A educação ambiental também é uma prioridade do Refúgio. Através de visitas guiadas e palestras, a equipe conscientiza o público sobre a importância da preservação da fauna e flora brasileiras.

O Refúgio Biológico Bela Vista evidencia o compromisso da Itaipu Binacional com a conservação da biodiversidade e a sustentabilidade ambiental. Ao proteger espécies ameaçadas de extinção, o RBV contribui para o futuro do meio ambiente e para o equilíbrio ecológico do planeta.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias