Portal Fronteira Livre

Terça, 17 de maio de 2022
MENU

Noticias de Esporte

Taison promete buscar títulos para o Inter em 2022 e fala sobre parceria com D’Alessandro

Taison falou em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (24)

186
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Na manhã desta segunda-feira (24), o novo camisa 7 colorada, Taison, falou em entrevista coletiva abordando temas sobre a pré-temporada do Inter. Além disso, o meia-atacante comentou sobre o foco em vencer títulos em 2022, a parceria com D’Alessandro, além das suas conversas com Edenilson e Yuri Alberto, ambos com possibilidades de sair do clube gaúcho.

Taison foi bastante claro quando em entrevistas, durante a temporada passada, solicitou novos reforços para o clube colorado. Até aqui, o colorado anunciou quatro nomes oficialmente, além do acerto com Bustos. O jogador colorado elogiou: “As contratações chegaram, importante para um campeonato como temos”.

Ponto importante na coletiva, Taison foi questionado sobre onde prefere atuar, seja de meia-atacante centralizado, ou atuando pelos lados do campo. “Eu jogo pelos dois lados. Por dentro, pela ponta, por fora. Mas onde o mister (Medina) me colocar eu estarei a disposição. Me acostumei mais a jogar por dentro, mas estou fazendo uma pré-temporada muito boa”, ressaltou.

Caracterizando Cacique Medina, novo treinador colorado, Taison destacou ser um comandante que preza muito a pressão no adversário. Além de gostar de jogar com a bola no pé, o meia comentou que quando não está com a posse, o uruguaio pede para que os jogadores marquem o mais rápido em cima. “Espero me adaptar o mais rápido possível eu e meus companheiros”.

O meia também falou sobre sua saudade em atuar pelo Gauchão, no qual foi goleador e melhor jogador da competição em sua primeira passagem no Inter. Além de confessar ter deixado claro para Medina, a dificuldade do Estadual, Taison completou: “Você se sente à vontade, com todos jogos disputados até o final. Não tem jogo fácil, tem viagem longa, tem viagem boa”.

 

O jogador também falou diversas vezes sobre seu amigo, e ídolo, Andrés D’alessandro, que retornou em 2022 para o Inter para pendurar as chuteiras. “Eu chego no vestiário e vejo ele, parece que estou vivendo 2008, quando a gente se conheceu e se tornou amigo. Poder ver, ele é uma força a mais que a gente ganha, não só no vestiário como também no campo”.

Ainda falando sobre o gringo camisa 10 colorada, Taison também destacou a importância de ter mais líderes no grupo. Além do exemplo que D’Alessandro repassa aos mais jovens. “Quando ele corre no treinamento, parece que está com a mesma idade de quando eu conheci”, brincou.

Durante a entrevista, Taison se mostrou totalmente focado em buscar novos títulos pelo Inter em 2022. “Nosso primeiro campeonato é o gaúcho e nós vamos disputar por título. Há muito tempo o Inter não ganha o Gauchão. Temos uma nova oportunidade e queremos ser campeões”.

Além da sua gana por conquistas, Taison falou sobre a vontade de Cacique Medina. “Medina já chegou falando que todas competições são prioridades. Ele não vai poupar jogadores, posso adiantar isso. Se poupar, vai ser muito pouco. Não tem essa de focar na Sul-Americana ou Copa do Brasil, estão todos focados no Gaúcho”, completou.

 

Fonte/Créditos: Andrei Severo / Supervisão de: Marjana Vargas

Créditos (Imagem de capa): Foto: Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!