Portal Fronteira Livre

Terça, 25 de janeiro de 2022
MENU

Noticias de Esporte

Palmeiras mantém busca por zagueiro na América do Sul e analisa jogador do Del Valle

Luis Segovia falou sobre o interesse do Verdão e se mostrou empolgado: "Equipe imponente"

115
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Depois de a negociação com Valber Huerta melar por conta dos exames médicos, o Palmeiras segue analisando o mercado sul-americano em busca de um zagueiro canhoto.

A equipe ainda não formalizou propostas por um novo alvo, mas tem levantado dados e informações de diferentes defensores, como Luis Segovia, do Independiente Del Valle, do Equador.

Aos 24 anos de idade, o atleta equatoriano sabe que seu nome está sendo avaliado pelo Verdão e aguarda um avanço. Na quarta, o diretor de futebol Anderson Barros e a presidente Leila Pereira explicaram a postura mais cautelosa neste momento na janela de transferências.

– Eles iam contratar um jogador chileno (Huerta), a negociação caiu, um zagueiro canhoto, e uma das opções era eu. Não tem uma oferta concreta, falei com meus agentes, disseram que eu era uma das principais opções, mas precisa negociar com o clube. Tenho um ano de contrato, estou tranquilo e tenho que seguir trabalhando – disse Segovia, em entrevista ao canal Doble 5.

– Falaram muito do Palmeiras, um time grande, forte, tenho muito respeito e carinho porque enfrentei, conheci seu estádio. É uma equipe imponente e por isso foi bicampeã da Libertadores – completou.

Segovia não é o único jogador bem avaliado no Palmeiras. Outros são Marcos Rojo, do Boca Juniors, e David Martínez, que é do Defensa y Justicia, mas tem acordo encaminhado para permanecer por empréstimo no River Plate.

Com três reforços anunciados (Marcelo Lomba, Atuesta e Rafael Navarro), além de Jailson bem encaminhado, o Verdão ainda busca nesta janela um zagueiro canhoto e um centroavante.

A ideia é contratar estes dois atletas até o fim das inscrições para o Mundial de Clubes, no dia 24 de janeiro. A diretoria, porém, já avisou que não irá fazer algo na pressa e prejudicar as finanças.

– Logicamente todas as equipes pretendem iniciar suas temporadas com elencos completos, mas não podemos esquecer que a equipe que começa a pré-temporada é a mesma que disputou a final da Libertadores contra o Flamengo. Todos que iniciaram a partida estão presentes hoje (quarta). Temos algo maior que qualquer teto: a responsabilidade com o Palmeiras. Jamais faremos contratações sem respeitar a Sociedade Esportiva Palmeiras. Esta responsabilidade nos trouxe até aqui e não podemos cometer o erro que fuja a este processo – resumiu o diretor Anderson Barros.

Fonte/Créditos: Por Fabricio Crepaldi e Thiago Ferri

Comentários:

Publicidade
Publicidade

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!